Advogado é preso pela PF por tentar destruir provas

0
18

BRASÍLIA-DF (Correspondente) – A Polícia Federal prendeu na terça-feira (24), em decorrência do desdobramento da Operação INJUSTA CAUSA, um advogado. O jurista no decorrer do cumprimento dos mandados judiciais de busca e apreensão, tentou destruir provas, como um telefone e documentos. A prisão ocorreu em Brasília/DF, onde o advogado foi localizado pela PF. O mandado de prisão foi expedido pelo Superior Tribunal de Justiça.