Marcelo Miglioli diz que “Campo Grande merece mais”

0
28
Foto Divulgação

“Campo Grande merece mais”, afirma o engenheiro Marcelo Miglioli, pré-candidato à Prefeitura da Capital pelo Solidariedade. Nesta sexta-feira, em entrevista a uma emissora de rádio, Marcelo voltou a afirmar que “comparar a atual gestão com o pior período administrativo que a Capital viveu é pouco demais para as necessidades, expectativas e potencialidades da Cidade Morena”.

Para o engenheiro, Campo Grande convive com problemas que vem se tornando crônicos por falta de inovação e solução, a começar pelo baixo desenvolvimento econômico. “A indústria perdeu 9 mil empregos, o ICMS caiu, os empregos diminuem e a receita própria também”, diagnostica, assinalando que a capacidade de investimento, que sempre foi forte no município, está desaparecendo.

A Prefeitura da Capital perdeu o papel de fomentadora do desenvolvimento, perdeu seu lugar na mesa de negociações dos grandes projetos e mal dá conta de pagar salários. Por isso, Miglioli diz que a palavra chave do projeto “Pense Grande Campo Grande” que pretende montar para a cidade é “desenvolvimento”, voltar a crescer, atrair empresas e gerar empregos. “Com isso, todos ganham, a começar pelos trabalhadores, pelo comércio e pela população que pode receber mais investimentos públicos”, assinala.

Marcelo fala que há grandes oportunidades no mercado de tecnologia, o que abre muitas oportunidades para o jovem que está capacitado e precisando ingressar no mercado de trabalho. Mas cabe ao município criar as condições necessárias para atrair o interesse desses empreendedores. Ele lembra a importância da Rota Bioceânica, da integração ferroviária e diversas outras oportunidades de futuro que se descortinam para a Capital. “E a gente não vê ninguém da Prefeitura falando sobre isso”, afirma.

Caso isso não aconteça, “vão continuar usando a crise como desculpa e dependendo de bater nas portas de Brasília e do governo do Estado com o pires na mão para resolver os problemas dos campo-grandenses”.

SOLIDARIEDADE – Marcelo Miglioli que foi candidato ao Senado pelo PSDB, obtendo 347 mil votos, deixou os tucanos e ingressa neste sábado, às 9 horas, no Clube União dos Sargentos, no Solidariedade, assumindo a postura de pré-candidato a prefeito de Campo Grande.