Paraguai expulsa suposto líder do PCC

0
21
Foto: Léo Veras

PONTA PORÃ/MS (Correspondente) – Edson Maradona Maia suposto membro do PCC foi expulso nesta segunda-feira (9) do Paraguai por ordem da juíza Sandy Lopes.

No momento da prisão no último dia 5 em decorrência da Operação da Direção de Investigações de Casos Puníveis da Polícia Nacional do Paraguai apresentou documentação falsa em nome de Mario Sergio Ferreira Picceli.

A sua expulsão se deu em virtude de um convênio de cooperação de combate ao crime organizado e facções criminosas estabelecidas no Brasil e no Paraguai.