Justiça autoriza transferência de agressor de Bolsonaro

0
27

Adélio Bispo de Oliveira, preso por esfaquear o então agora presidente Jair Bolsonaro durante campanha eleitoral foi autorizado pelo juiz da 5ª Vara Federal de Campo Grande, Dalton Igor Conrado a ser transferido do Presidio Federal de Campo Grande/MS. O destino será definido pela 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), onde aconteceu o ataque. O objetivo é que Adélio seja levado a um presido adequado ao seu tratamento.