SEMU LANÇA CAMPANHA “16 DIAS DE ATIVISMO” CONTRA VIOLÊNCIA A MULHER NESTA SEXTA-FEIRA

0
27

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Subsecretaria de Políticas para a Mulher (Semu), lança a Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, nesta sexta-feira (20). A ação é marcada por palestras, blitz, rodas de conversas e lives para debater o tema.

A campanha tem como objetivo a mobilização da sociedade na prevenção e na eliminação de todas as formas de violência contra as mulheres e meninas. No Brasil, abrange o período de 20 de novembro a 10 de dezembro. Já no exterior, no dia 25 de novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres e vai até 10 de dezembro, no Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Na Capital, a ação é iniciada na sexta-feira com uma Blitz Educativa: Violência contra a Mulher – DIGA NÃO, das 9h às 11, na Av. Afonso Pena esquina com a rua 25 de dezembro

Segundo a Subsecretária de Políticas para a Mulher (Semu), Tai Loschi, a data é de extrema importância e não pode passar em branco. “São quase 30 anos que a campanha foi lançada mundialmente e Campo Grande não poderia ficar de fora. Preparamos várias ações que buscam conscientizar e informar a população pelo fim da violência contra a mulher. Queremos chamar a atenção da sociedade para um assunto que ainda envolve muito desconhecimento e preconceito”, afirmou a Subsecretária.

O ciclo de violência doméstica envolve cinco formas de violência. Violência física- Atitudes que ofendam a integridade ou saúde da mulher.

Violência psicológica- Qualquer conduta que cause dano emocional e diminuição da autoestima prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento da mulher, ou vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões.

Violência sexual- Obrigar a mulher a participar de relação sexual não desejada mediante intimidação ameaça, coação ou uso de força.

Violência patrimonial- Ações que buscam reter, subtrair, destruir parcial ou total os objetos da mulher, instrumentos de trabalho, documentos pessoais, bens, valores, direitos ou recursos econômicos.

Violência moral- Qualquer conduta que configure calúnia, difamação ou injúria à mulher.

PROGRAMAÇÃO

25/11 – Live com Observatório de Violência contra a Mulher da UFMS: Roda de Conversa: Violência contra as mulheres no contexto da pandemia. Das 14:00 às 16:00 online.

25/11 – Palestra Direitos das Mulheres no Contexto do Esporte com Márcia Paulino – Coordenadora de Projetos e Ações Temáticas – SEMU. Das 18:00 às 20:00 para técnicos, dirigentes, professores e capitães de time, no auditório da Subsecretaria.

26/11 – Palestra Direitos das Mulheres no Contexto do Esporte com Márcia Paulino – Coordenadora de Projetos e Ações Temáticas – SEMU. Das 18:00 às 20:00 para atletas do futebol feminino, no auditório da Subsecretaria.

30/11 – Roda de conversa: Direitos LGBT com Mikaella Lima Lopes – Coordenadora de Políticas Públicas LGBT da SDHU e Leonardo Bastos – Subsecretário de Políticas LGBT do MS. Das 16:00 às 18:00 para servidoras e servidores da Casa da Mulher Brasileira, no auditório da Casa.

02/12 – Live com o Tema “Mulheres com deficiência” com Flávia Pieretti. Para a rede de Atendimento à Mulher e público em geral, às 19h, online.

03/12 – Roda de Conversa virtual “A importância do atendimento humanizado e qualificado às mulheres em situação de violência”. Das 9:00 às 11:00, para a rede de Atendimento à Mulher e público em geral, sendo online via facebook da Subsecretaria Políticas Públicas para Mulheres/ SPPM.

04/12 – Blitz Educativa: Violência contra a Mulher – DIGA NÃO, para a população em geral, das 9:00 às 11:00, na Rua Anacá esquina com Barreiras – Bairro Moreninhas II.