Nova Andradina decreta situação de emergência e Governo auxilia na recuperação de áreas afetadas

0
19
Foto: Agesul

O município de Nova Andradina decretou situação de emergência em partes da área urbana e rural afetadas pelas chuvas intensas da primeira semana de dezembro. A Coordenadoria de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul, Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), a Defesa Civil de Nova Andradina e a Secretaria Municipal de Infraestrutura, somam esforços para recuperar as áreas afetadas.

As chuvas danificaram obras públicas e aumentaram a erosão na extensão territorial que interliga a Rua Espírito Santo com a Rua Antônio Duarte. De acordo com a prefeitura do município, obras de drenagem de águas pluviais e a construção de uma caixa de detenção e barragens estavam em andamento no local.

Em vistoria técnica realizada nesta quarta-feira (10) a assessoria técnica da Agesul sugeriu a execução de aterro e a drenagem para conter a erosão. As ações dariam mais segurança que o escoramento que estava realizado. Seguindo essa orientação, nesta quinta-feira (10) a secretaria de obras do município deu inicio a execução de aterro na Rua Antônio Duarte, segundo informações do gerente de fiscalização da Diretoria de Empreendimento de Infraestrutura Urbana, Gildson Arima. A Sanesul também está auxiliando no início das obras de recuperação.

Uma equipe da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil também acompanhou a vistoria da área de erosão, e segundo o Coordenador Estadual de Defesa Civil, Fabio Catarineli, todo o apoio técnico e suporte necessário para atender o município será dado.

“Estamos no período chuvoso, a situação ainda não está estabilizada, mas a Defesa Civil em conjunto com a Agesul está dando o suporte para o município a fim de amenizar a situação dessa erosão que tem causado tanto transtorno para Nova Andradina”.