Obra de controle de erosão no Joaquim Português avança com tubulação

0
23
Foto: Edemir Rodrigues

As obras de controle de erosão no Córrego Joaquim Português avançam e, nesta semana, a equipe da Pactual Construções LTDA, empresa responsável, iniciou a drenagem de águas pluviais na Avenida do Poeta, no Parque dos Poderes. Desde segunda-feira (5), o trecho da avenida entre a Rua Jornalista Marcos Fernando Rodrigues e a rotatória, está parcialmente interditado. No local, a equipe realiza a escavação da via para a instalação de tubos de concreto de pouco mais de 1 metro por onde passará a água da bacia de detenção que será construída no terreno que beira a nascente do córrego.

Conforme o projeto, a tubulação sairá da bacia e seguirá até a Rua Jornalista Marcos Fernando Rodrigues, atravessando a Avenida do Poeta e terminando na reserva do Parque dos Poderes, desviando a passagem de água que cai direto na erosão a beira do Joaquim Português.

Orçada em R$ 4.765.214,44, com recurso do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), a obra ainda prevê recomposição de erosão com aterro, nova escavação na bacia de detenção que fica no outro lado da via, em frente à erosão, bueiro metálico de 65,32 m; pavimentação de 913,81 m²; passeio com acessibilidade de 56,16 m²; sinalização viária de 94,62 m² além de passivo ambiental com plantio de árvores. “Sabemos que muitas vezes as obras trazem algum tipo de transtorno para quem utiliza a via, mas esta obra vai trazer diversos benefícios entre eles mais segurança, qualidade de vida, e com certeza mais emprego e renda, como temos visto em todo o Estado”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel.

Ainda não há previsão para termino da instalação da tubulação na Avenida do Poeta, mas obra completa, que teve início em outubro de 2020, está prevista para ser entregue até outubro de 2021.