Com aumento de 36% nas movimentações, COPE fecha semestre com mais de 5,2 mil presos escoltados

0
26
Foto: Divulgação

Representando força de reação da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), o Comando de Operações Penitenciárias (COPE), divulgou balanço de ações desenvolvidas no primeiro semestre deste ano. Foram 2.246 escoltas realizadas, totalizando a movimentação de 5.244 reeducandos. Se comparado ao mesmo período do ano passado, houve um aumento de 36% nas movimentações de presos, demonstrando a efetividade dos trabalhos e o comprometimento de toda a equipe.

Conforme o comandante do COPE, servidor Richard Dias, o maior fluxo de movimentações tem sido resultado de um planejamento estratégico realizado pelo comando do grupo. “Temos colocado em prática ações pontuais que além de proporcionar menor tempo para cumprimento das demandas elencadas, posicionamos a tropa em elevado estado motivacional, tendo como resultado final números satisfatórios que demonstram a capacidade da agência penitenciária de cumprir sua missão institucional”, enfatiza Richard.

Dentre as atividades desenvolvidas pelo COPE estão intervenções em unidades penais de Mato Grosso do Sul, transferências de presos em todo o estado, escoltas intermunicipais, apoio na formação continuada, entre outras áreas de atuação. De acordo com o relatório, de janeiro a junho foram realizadas seis intervenções prisionais em unidades penais do estado; além de 122 servidores penitenciários capacitados em três treinamentos realizados com apoio de instrutores do COPE.

Outra importante atribuição do grupo é o recebimento de presos no Aeroporto Internacional de Campo Grande, advindos de diversas localidades do país, inclusive presos de alta periculosidade provenientes de presídios federais.