PMA transporta indígena com braço fraturado de volta à aldeia pelo rio Paraguai

0
29
Fotos: PMA

A Polícia Militar Ambiental de Corumbá realizou o transporte fluvial na quarta-feira (21) pela manhã de retorno à aldeia, de um adolescente indígena que estava recebendo atendimento médico em hospital na cidade. O menino havia fraturado o braço, quando brincava na aldeia Guatós, localizada à Baía Uberaba, a 350 km da cidade e havia se ferido. Naquele dia ele havia sido socorrido pela Marinha do Brasil e encaminhado ao Pronto Socorro para atendimento médico.

O indígena recebeu alta e acompanhado de sua mãe não havia como voltarem à aldeia. Conhecedores das dificuldades de transporte ao local, que é só fluvial, os Policiais Militares Ambientais prestaram toda a assistência, fornecendo barco com motor e levaram o índio e sua genitora para casa. O transporte fluvial durou 12 horas de ida e volta e foram percorridos 700 km de rio.