Procon/MS encontra variação de 80,20% no preço da cesta básica

0
28
Foto: Procon/MS

Visando orientar o consumidor diante da necessidade de adquirir produtos essenciais que não podem faltar na cesta básica, a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão integrante da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast  mobilizou equipe para verificar preços em oito estabelecimentos comerciais em Campo Grande.

No total, o levantamento se concentrou em 80 itens. Desses são divulgados preços de 37 porque o critério adotado determina que só podem ser levados a público os valores para comercialização  de produtos que estejam a venda em, pelo menos, três dos locais pesquisados.

A maior diferença de preços encontrada, 80,20 por cento,  é referente a fubá Yoki de 1 quilo. Este produto é vendido por  R$ 3,99 tanto no Fort Atacadista (Rua São Borja, Vila Célia) quanto no Assai Atacadista (Avenida Cônsul Assaf Trad, Mata do Jacinto)  e por R$ 7,19 no Extra (Rua Maracaju – Centro). Já, a menor diferença, 3,17 por cento, ficou para  o açúcar cristal Sonora que pode ser adquirido no supermercado Pires ( rua Tupiniquis – Vila Jussara) por R$ 5,99 enquanto no Comper (Avenida Tamandaré – Jardim Paradiso), por R$ 6,18. ,

Pesquisa Cesta básica – julho 2021