Sitiante é autuado em R$ 17 mil por provocar incêndio em sua propriedade e atingir propriedade vizinha

0
26
Foto: Polícia Militar Ambiental

TRÊS LAGOAS-MS (Correspondente) – A Polícia Militar Ambiental autuou na quinta-feira (22) um sitiante em R$ 17 mil por provocar incêndio em sua propriedade e atingir propriedade vizinha localizado à margem da BR-158.

Na propriedade os policiais confirmaram que o pecuarista havia ateado fogo em uma vegetação e perdeu o controle. As chamas se espalharam pela pastagem e atingiram a outra propriedade. A proprietária da fazenda vizinha atingida pelo incêndio afirmou que assim que avistou a fumaça, juntou algumas pessoas e conseguiram depois de muito trabalho conter o fogo. Se não fosse isso, o fogo destruiria a vegetação em diversas propriedades.

A equipe mediu a área afetada com uso de GPS, que perfez 16,85 hectares destruídos. O infrator (67), residente em Três Lagoas, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 16.852,00. A Portaria nº 926 de 12 de julho de 2021, do Instituo de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (IMASUL) proíbe qualquer prática de queima controlada no Estado de Mato Grosso do Sul por 180 dias.