Superintendente do Procon Estadual faz alerta sobre golpes de falsos entregadores

0
26
Foto: Procon/MS

Um novo  golpe aplicado por falsos entregadores, que  começou nos grandes centros, já está sendo aplicado em Campo Grande com prejuízo a cidadão de boa fé. A ação de vândalos já  chegou ao conhecimento da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor –Procon/MS, órgão integrante da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho –Sedhast, que chama a atenção da população em geral a ficara atenta para não se tornar vítima.

O golpe consiste na ação de pessoas mal intencionadas que, ao realizar a entrega e receber o pagamento por cartão,  iludem o  consumidor afirmando necessitar de iluminação para bem realizar a operação, acendem a lanterna de seus celulares e, com isso, filmam os dados do  cartão e acompanham o processo de inclusão da senha memorizando-a. Daí, estão a um passo de aplicar novos golpes.

“Todos nós podemos nos tornar vítimas. Por isso há necessidade de  ficarmos alertas principalmente se  não conhecermos as pessoas que realizam entregas. Não devemos  entregar o cartão para que elas insiram e sempre prestar atenção nos seus procedimentos. Não existe necessidade de iluminar quando utilizamos o cartão”, recomenda Marcelo Salomão

O alerta é feito pelo superintendente do Procon Estadual que se encontra na cidade de Coxim liderando uma equipe de técnicos que promove palestras e  desenvolve ampla ação de orientação no sentido de demonstrar aos fornecedores e consumidores a maneira de manter boas relações no que diz respeito às normas de  consumo e, assim, além de evitar  sanções, chegar a fidelização de clientes.

Durante a permanência no município a equipe do órgão estadual de defesa do consumidor está promovendo, também, orientação aos integrantes do Procon local visando o desenvolvimento de serviços de acordo com as normas consumeristas, uma vez que a população, consciente de seus direitos, passou a procurar cada vez mais o Procon Municipal e  encaminhar demandas em grande quantidade.

No município está se realizando, também, o programa Procon Legal, Comércio Legal que consiste em conversar com os pequenos empresários principalmente  do setor de comércio demonstrando como agir para bem atender sua clientela. Na ocasião é  entregue  kit contendo, entre outros, exemplares do Código de Defesa do Consumidor – e orientando sobre a necessidade de mantê-lo disponível para acesso ao público.

Também são entregues cópias das principais leis que regem a relação entre o fornecedor e o consumidor e  cartazes orientativos para serem expostos de maneira que as pessoas tomem conhecimento de que o estabelecimento está  cumprindo o que determinam ao que prescrevem as normas de consumo.