Pescador é autuado em R$ 13 mil por extração ilegal de recursos minerais e degradação área protegida

0
20

AQUIDAUANA-MS (Correspondente) – A Polícia Militar Ambiental autuou na quarta-feira (4) pescador profissional em R$ 13 mil por extração ilegal de recursos minerais e degradação área protegida. O infrator, pescador profissional (39), residente em Piraputanga, realizava supressão da vegetação nativa e a extração de minério com uso de máquinas, sem a licença ambiental obrigatória, segundo o responsável, a limpeza da área e o material retirado seria usado na construção de um estacionamento, que estava em início de construção. As atividades foram paralisadas pelos policiais devido à falta de licença e devido ao crime de ser em área protegida por lei.

As atividades foram interditadas. Pela infração administrativa, o infrator recebeu multa de R$ 13.000,00. Além de responder por crime ambiental. O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental estadual um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).