PMA resgata anta de 200 kg com a pata quase decepada

0
74
Foto: PMA

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande receberam um comunicado no domingo (22) à tarde, da proprietária de uma fazenda, localizada na região da gameleira informando que uma anta ferida fora beber água em um lago da fazenda e não conseguia sair, porque estava com a pata ferida.

Uma equipe da PMA, juntamente com um funcionário e uma estagiária do CRAS, foram ao local e verificaram que o animal silvestre da espécie Tapirus terrestris (anta), estava ferido gravemente dentro da lagoa. Havia um cabo de aço, que os Policiais identificaram como pertencente a um tipo de armadilha de caça e que a anta teria conseguido rompê-lo do local de onde estaria amarrado, porém, com resultado de um ferimento que quase decepou sua pata.

A equipe capturou e amarrou a anta e solicitou ajuda de uma máquina da fazenda para levá-la até a viatura, devido ao difícil acesso no local. O animal, um macho, com aproximadamente 200 kg, que aparentava estado crítico, foi resgatado, colocado na viatura e levado urgentemente para atendimento médico veterinário no Centro de Reabilitação de Animais silvestres (CRAS). A anta passou por cirurgia executada por veterinários do CRAS, para a retirada do cabo de aço e tratamento do ferimento.