Neto confessa à polícia que decapitou avô para vingar abuso sexual da irmã

0
46
Foto: Reprodução/Polícia Militar / G1 Goiás

Jovem confessa que decapitou o avô por ele ter abusado sexualmente de sua irmã. O corpo do idoso foi encontrado em um córrego em Senador Caneado, região metropolitana de Goiânia. O neto relatou que após ter sido acusado do abuso seu avô retornou para Goiânia. Ele então foi atrás do avô para confrontá-lo sobre as acusações feitas pela irmã armado com um facão. Na casa foi até o banheiro pensar no que irá fazer. Tomada a decisão os dois discutiram e o jovem o golpeou no pescoço e o decapitou.

O menino relatou que chamou um motorista de aplicativo com a intenção de se livrar do corpo. No caminho pediu ao motorista para em uma ponte na Avenida Afonso Pena afirmando que precisava jogar um gato morto fora. No entanto, o conteúdo do saco era a cabeça do avô. Um vizinho percebeu a ausência do idoso e comunicou a família. O filho do homem e o neto, que cometeu o crime, foram à casa do homem e encontraram seu corpo.

A Polícia Militar foi acionada e informada que a vítima não tinha dívidas e nem desavenças que motivassem o crime. Após investigações os policiais constaram que o homicídio foi cometido pele neto. A cabeça foi submetida a teste de DNA, para confirmar que se trata do idoso, segundo a Polícia Técnico-Científica.