Trisal de mulheres revela intimidade no Instagram

0
20
Foto: Uol

As empresárias Sandra Nalli (41) e Letícia Mondin (29) já estavam casada há sete anos quando decidiram forma uma nova configuração afetiva; o trisal de mulheres. “A gente já tinha aberto o relacionamento, já tinha ficado com outras pessoas, mas de forma muito superficial. A Thalita era nossa amiga e, numa brincadeira, conversamos sobre isso. Ficamos, começamos a namorar, e estamos juntas há quase um ano. No começo foi um pouco complexo, porque é uma relação diferente, mas aos poucos a gente foi se ajustando. É como se você iniciasse uma relação nova porque tem mais uma pessoa envolvida”, revelou Sandra.

“O melhor da vida a três é a partilha de sentimentos e sonhos com duas pessoas, ao invés de apenas uma” conta Letícia.  A cantora Thalita Ebert revelou que “A gente não abriu pra ter sucesso com isso, não abriu com nenhuma pretensão. A gente só queria mostrar o nosso dia a dia, mas não tinha noção do crescimento exponencial que ia ter. A cada postagem são 200, 300 novos seguidores. A gente só queria mostrar o que é um trisal e como é a nossa rotina. A gente não é ET por ser um trisal —porque é assim que as pessoas que têm algum tipo de preconceito nos enxergam”.

O Trisal resolveu em fevereiro compartilhar as suas rotinas no Instagram, e em sete meses conquistaram a atenção e o carinho de mais de 4.000 seguidores. Ao serem perguntas se já receberam críticas ou algum tipo de preconceito elas responderam que: “Lésbicas, elas afirmam nunca terem sofrido preconceito nas redes”.