Em quarentena, Bolsonaro cancela visita a MS

0
45
Foto Divulgação

O Presidente Bolsonaro cancelou a agenda em Bonito (MS) na próxima sexta-feira (1) e deverá ir a Goiás para comemorar os mil dias de administração. O Deputado Coronel Davi (sem partido) havia confirmado sua vinda na última quarta-feira (22). A agenda de Bolsonaro no município turístico seria para comemorar os mil dias de gestão.

Contudo Bolsonaro esteve em Nova York onde participou da Assembleia Geral da ONU e mais três pessoas da comitiva brasileira. Sendo o filho dele, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga e diplomata do Palácio do Planalto, testaram positivo para Covid-19.

Coronel Davi disse que a “agenda do presidente em Bonito foi cancelada para que ele possa cumprir a quarentena”. O presidente realizou dois testes para o coronavírus, sendo os dois negativos. Sendo assim, a agenda dele para celebrar o marco de mil dias, será intensa no Brasil e começa no próximo dia 28, na Bahia, Rio Grande do Norte e Piauí.

Conforme noticiado pelo UOL, na quarta (29), Bolsonaro deve desembarcar em Boa Vista, em Roraima, para evento de assinatura do contrato de concessão dos aeroportos do bloco Norte. 

Na quinta (30), o presidente deve ir para Belo Horizonte. Já na sexta (1º), Bolsonaro deve ir para Anápolis, em Goiás, para a assinatura do contrato de concessão de estradas federais ao lado do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. Junto com o líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), ambos ainda devem ir para Maringá, no Paraná, para inaugurar obras de ampliação da área operacional do aeroporto regional.