Designer lança livro com conceito afrofuturista para a moda

0
38
Foto Divulgação

Desde a escola, na maioria das vezes aprendemos história de uma visão eurocêntrica, que muitas vezes inferioriza ou simplesmente apaga as contribuições dos povos afro na moda, na música e na cultura em geral. Foi isso que motivou a designer de moda Carol Lee a escrever o livro “Moda, Estética e Comportamento do Afrofuturo”, no qual apresenta um pouco das potências e das contribuições dos negros na arte, na cultura, e especialmente na moda brasileira, que segundo ela é a arte que retrata o comportamento das sociedades. Um exemplo recente e muito conhecido de afrofuturismo é o filme “Pantera Negra”, lançado pela Marvel Studios em 2018. “No filme ‘Pantera Negra’, Wakanda é uma sociedade afrofuturista, tem todas as características do movimento: o indivíduo negro como protagonista da história, pertencente a todos os setores da sociedade, trajes inspirados na ancestralidade negra, tecnologia avançada, então aquela sociedade é um ótimo exemplo”, explica a autora.